Fotografia

Aulas de Fotografia | Dicas e Fotografos Indicados

10.01.2015

Desde que comprei a câmera não usei tanto quanto gostaria, então ontem comecei o curso de fotografia do Senac e percebi que receberei dicas incríveis que vou fazer questão de compartilhar com vocês! 🙂

Nesta primeira aula aprendemos sobre cuidados com o equipamento, seguem as dicas:

1- TIRE a câmera da bolsa, ela só serve para transporte (a câmera dentro dela, mesmo com sílica, pode mofar).
2- Coloque em um lugar com VENTILAÇÃO ou em uma caixa plástica completamente vedada com sílica, mas lembre-se de trocar a sílica com frequência.
3- Sua lente precisa de luz, tire a tampa pelo menos uma vez por semana, caso não esteja usando com frequência.

Sílica indicada pelo professor: www.cacaumidade.com.br.
Livro que recebemos no curso: FOTOGRAFIA: da analógica à digital (Compre Aqui).


Fotógrafos Citados:

• Vivian Maier

vivian-meyer

Maier passou a sua infância na França e após voltar para os Estados Unidos, trabalhou como babá por mais de 40 anos e durante este período, em seus dias de folga, fotografou a cidade de Nova Iorque, focando nas ruas, nas pessoas e nos edifícios, sempre com a sua câmera Rolleiflex.

Vivian viveu uma velhice com dificuldades financeiras, chegando a morar em asilos pagos pelo previdência, até que alguns amigos compraram um apartamento em Chicago e passaram a pagar as suas contas. Em 2009, Viviam faleceu em decorrência de lesões decorrentes de um tombo em que bateu a cabeça.

Por toda a sua vida, guardou as fotografias, os negativos e fitas de áudio com pequenas entrevistas que fazia com as pessoas que fotografava. Este material só foi descoberto em 2007, por John Maloof, que reconheceu o valor artístico e histórico do material, mas foi somente após a sua morte que houve o reconhecimento do seu trabalho e o material começou a ser reproduzido na internet e em revistas especializadas, além da publicação de livros com o seu acervo e exposições.

Site Oficial: www.vivianmaier.com

• Juan Rulfo

juan-rulfo

Rulfo (16 de maio de 1917 – 7 de janeiro de 1986) nasceu em uma família de proprietários de terra que ficou arruinada pela Revolução Mexicana. Seu pai e dois tios morreram na época da Guerra Cristera e com a morte de sua mãe, por um ataque cardíaco quatro anos depois, Rulfo foi enviado a um orfanato em Guadalajara, onde viveu entre 1928 a 1932. Frequentou um seminário por um breve período e mudou-se para a Cidade do México, a fim de estudar direito. Não pôde terminar os estudos e durante os vinte anos seguintes trabalhou, primeiro como agente de imigração por todo o México e logo como agente da empresa Goodrich-Euzkadi.

Em 1944, Rulfo fundou a revista literária Pan. Na década de 1950, o autor publica o livro de contos El llano en llamas e o romance Pedro Páramo. Apesar de ter abandonado a escrita de livros depois da publicação destas obras, Rulfo continuou ativo na cena literária mexicana, colaborando com outros escritores em roteiros (Carlos Fuentes e Gabriel García Márquez), escrevendo para televisão, e dedicando-se à fotografia.

Site Oficial: www.clubcultura.com

• Ansel Adams

Ansel Adams Wilderness, California. Afternoon Thunderstorm, Garnet Lake.

Ansel Adams Wilderness, California. Afternoon Thunderstorm, Garnet Lake.

Ansel Easton Adams foi um fotógrafo dos Estados Unidos (São Francisco, 20 de Fevereiro de 1902, Carmel-by-the-Sea, 22 de Abril de 1984) filho de Charles Hitchcook Adams, um homem de negócios e Olive Bray. Aos doze anos mostra um grande talento musical, aprendendo sozinho a tocar piano. Em 1916 realiza fotografias no Parque Nacional de Yosemite, numa viagem com a família, usando uma Kodak Nº 1 Box Brownie que ganhou de presente dos pais. Adams voltaria todo ano para lá até o final de sua vida, suas fotografias mais conhecidas são as desse parque, principalmente as do grande monólito.

Site Oficial: www.anseladams.com

• Robert Frank

Robert-Frank

Robert Frank (nascido em 9 de novembro de 1924) é um fotógrafo e documentarista americano cineasta . Sua obra mais notável, o livro 1958 intitulado Os Americanos, foi publicado pela primeira vez em 1958 por Robert Delpire em Paris, após ser proíbido nos Estados Unidos. Critic Sean O’Hagan, escrevendo no The Guardian em 2014, disse que os americanos “mudou a natureza da fotografia, o que poderia dizer e como poderia dizê-lo. Continua a ser, talvez, o livro de fotografia mais influente do 20º século”. Frank mais tarde expandiu-se em cinema e vídeo e experiências com manipulação de fotografias e fotomontagens.

Site Não Oficial: www.artic.edu (Art Institute Chicago)

• Evgen Bavcar

Evgen-Bavcar

Nascido na Eslovênia, Evgen Bavcar ficou cego aos 12 anos de idade após sofrer dois acidentes. Mesmo assim ultrapassou os limites impostos pela deficiência. Para a execução das suas fotos, conta com a ajuda de sua irmã e com técnicas desenvolvidas ao longo dos anos. Entre algumas características do seu trabalho, destaca-se a composição da luz em contraste com ambientes totalmente escuros.

Site Oficial: v1.zonezero.com

POSTS RELACIONADOS:

Sem Comentários

Deixe uma Resposta