Resenhas

Autora: Letícia Kartalian

11.07.2014

A jovem autora de 17 anos já escreveu 11 livros. Seu romance de estreia é um New Adult, O Diário Secreto de Melissa, primeiro da série Segredos, publicado de forma independente pelo sistema KDP da Amazon.

leticia-k-1

 

Preciso começar dizendo que fiquei muito feliz por ela ter aceitado o convite e dar essa entrevista para o blog! 😀

Perguntas

1. Quando você percebeu que seria capaz de escrever suas próprias histórias?

Eu não sei se eu percebi isso, simplesmente aconteceu.
Acho que isso nasceu comigo, eu aprendi a escrever muito rápido e com doze anos eu comecei a escrever letras do que eu imaginava que seriam músicas, só com a melodia na minha mente. Dois anos depois eu passei a escrever fanfics e aí foi um pulo até eu começar criar histórias com personagens criados por mim.

2. Qual seu processo de criação, prefere se inspirar em coisas que vivenciou ou imaginar e inventar tudo?

Todas as minhas histórias são fictícias, nada do que eu tenha escrito até hoje aconteceu de verdade, porém, é claro, existem frases, cenas, sentimentos, pensamentos dos personagens que, originalmente, eram meus. Além disso, muitas vezes uma música, algo que vi na rua, um filme ou uma cena específica, me fazem criar coisas que tem – ou não – uma ligação direta com aquilo. É algo mágico.

3. Você vende seus livros na Amazon por um preço muito acessível e até chega a disponibiliza-los de graça. Acredita que esse seja o caminho para alcançar mais leitores? Qual a importância dos E-books para você?

Muitos leitores não pagariam seis, sete reais num e-book de um autor “desconhecido”, então quando decidi publicar através do KDP, eu já sabia que iria deixa-lo pelo preço mais baixo da loja, que é R$1,99, pelo menos no início. Agora, que eu já tenho alguns leitores, posso subir esse preço um pouquinho.

Os e-books representam o meu início como autora, mas ele já faz parte da minha vida como leitora desde que eu me interessei em ler livros fora os da escola, lá em 2008, quando “e-book”, aqui no Brasil, era pdf.

Sobre deixa-los de graça, às vezes: quem não gosta de um livro gratuito? (risos) Enquanto eu permanecer no meio independente, irei sim deixar os meus livros e contos gratuitos. Além de ser uma forma de divulgação, é também uma forma de fazer com que as pessoas que não costumam comprar e-books, consigam ler algo escrito por mim e, talvez, acompanhar meus próximos trabalhos.

4. Melissa, de O Diário Secreto de Melissa, passa por uma experiência traumática, acredita que abordar esse assunto pode ajudar para que não aconteça o mesmo com seu leitor(a)?

Com certeza. O que aconteceu com a Melissa pode acontecer com qualquer um próximo a nós sem que ao menos saibamos, e é importante que todos tenham conhecimento disso. Eu disse isso uma vez no Facebook e vou colocar aqui novamente: se apenas um desses vários livros que tratam abertamente sobre o assunto, fizer com que uma pessoa denuncie o abuso, imagine quantas outras não poderão ser salvas?

5. Tem algum personagem da série Segredos que você goste mais? Por quê?

Essa pergunta é cruel, é como perguntar para uma mãe qual filho ela ama mais, e isso não se faz!
Eu gosto de todos igualmente, desde os protagonistas aos que apareceram apenas uma vez na trama. Porém, eu tenho uma ligação muito mais forte com os personagens em que eu me aprofundo mais na história, ou seja, os protagonistas. Como cada livro da série focará em um casal de personagens, e pelo menos um personagem principal de cada livro/conto já foi apresentado no primeiro livro, eu posso dizer que gosto de muuuitos deles, a única diferença entre um e outro é o tempo em que eles se tornam os meus queridinhos. No momento, estou trabalhando na segunda edição de O Diário Secreto de Melissa, então Mel e Dan são os meus favoritos. Assim que eu passar para o livro dois da série, Jessica e Marcus ocupam esse lugar, e assim por diante.

6. Para escrever My Private Music Teacher você utilizou seu pseudônimo Elle Kartalian, qual foi motivo para a criação dele?

O primeiro e principal motivo é diferenciar um estilo do outro. Tudo o que eu escrever como Elle será dedicado exclusivamente para o publico adulto, e são histórias onde o conteúdo sexual é muito forte. Isso não significa que tudo o que eu escrever utilizando o meu nome real não terá cenas de sexo, afinal isso é presente na vida de todo mundo e eu não vejo problema algum em falar sobre isso, mas serão cenas mais comedidas – ou não!
O segundo motivo é um complemento do primeiro: porque aí eu posso separar o que a minha família poderá ler ou não (risos).

7. Você escreve contos além de livros, acredita que isso desperta a curiosidade dos leitores e faz com que busquem mais histórias escritas por você?

Sim, eu acredito ser mais fácil conquistar leitores escrevendo textos rápidos, que possam ser lidos numa sentada, como é o caso dos contos, e com isso despertar o interesse do leitor para textos maiores. O problema é que quando os leitores gostam de uma história curta, eles querem mais e, por conta disso, dois dos meus contos se tornarão livros inteiros.

8. Você é muito ativa nas redes sociais, isso te deixa mais próxima de seus fãs?

Muito!

Antes de tudo, eu sou apaixonada por redes sociais. Vocês podem me encontrar desde Facebook e Twitter à Pinterest, We Heart It. Ate MySpace eu já tive!

Eu tenho muitos amigos “virtuais” que eu considero tanto quanto, ou até mais que meus amigos “reais”, e isso se tornou maior quando eu me auto publiquei. É a única forma de manter contato com os meus leitores e eu amo essa troca, os comentários, opiniões, dicas, é tudo muito gostoso.

9. Você vai lançar seu primeiro livro, como foi o processo até chegar a uma editora que o publicasse?
Então, eu não vou publicar através de uma editora convencional. Continuo no meio independente, por enquanto, e publicarei Melissa impresso através do CreateSpace, a plataforma de publicação em papel da Amazon, que eu considero a melhor forma de se publicar atualmente.

10. Quais são seus projetos futuros, temos mais livros a caminho?
Os meus planos para 2014 foram atrasados um pouquinho por conta da segunda edição de O Diário Secreto de Melissa, então o primeiro passo é finalizar isso e entregar o livro impresso para os leitores. Depois, pretendo finalizar Laços de Sangue, um romance contemporâneo fora da série Segredos, e então eu volto para a escrita do segundo livro da série, que focará na Jessica e no Marcus, irmão da Melissa, que se chama A Vida Secreta de Jessica.

No meio disso também terão outros contos, série erótica em que escrevo como Elle e muito mais!

Obrigada, Bia, pelo espaço e todo o carinho que você tem comigo e com os meus escritos.

leticia-k-2
 

Para conhecer mais e comprar Acesse:

Amazon.
Facebook
Página Oficial
Youtube
Skoob

POSTS RELACIONADOS:

Sem Comentários

Deixe uma Resposta