Geek Resenhas

HQ: A Entediante vida de Morte Crens e A Entediante Família de Morte Crens

18.03.2017

Morte Crens é o ser imortal responsável por transportar as almas dos vivos para o mundo dos mortos. As webtiras, criadas por Gustavo Borges, se transformaram em uma coletânea das principais histórias de Morte Crens. O primeiro volume foi lançado em novembro/2013 (relançada em novembro/2016) e o segundo em agosto/2016.

Morte Crens é uma série muito divertida que encanta com histórias carregadas de irônia e humor que nos fazem refletir sobre a vida.

A qualidade do trabalho é fascinante,  os cenários, personagens e colorização são bem detalhados e merecem uma atenção dedicada. No final, ainda podemos conferir ilustrações de artistas convidados.

Minhas cópias foram adquiridas na Artist’s Alley da CCXP, mas os quadrinhos podem ser adquiridos na loja do autor clicando aqui.

A Entediante vida de Morte Crens

Sinopse: Conheça a morte de perto. Um universo caótico nos limiares da vida, no qual Morte Crens, fadado em seu trabalho sem fim, crítico, mal-humorado, sarcástico e comicamente trágico, diverte em cada tira com seu ponto de vista sobre a vida e sua entediante existência.

Em A Entediante vida de Morte Crens, somos levados as aventuras de Crens, um personagem irônico e absulotamente diverido que compartilha seus pensamentos e questionamentos sobre a vida e a morte.

Neste volume também somos apresentados a Vida, uma personagem astuta e barulhenta que a traz beleza e alegria a existência de Crens. Confesso que estou shippando fortemente esses personagens.

A Entediante Família de Morte Crens

Sinopse: Famílias são como roseiras, podem até espetar… Mas vale a pena ter. Este “segundo” álbum de Morte Crens reune coletânea de tiras com uma HQ longa de 26 páginas que apresentam a família do personagem.

Neste volume além das tiras sobre Crens, que complementam o livro anterior, podemos conhecer mais sobre a Vida. Compreendemos melhor seu comportamento, descobrimos suas dúvidas e aprendemos suas lições, além de ver mais o relacionamento dos dois.

O final da HQ é dedicado a família de Crens, são apresentados seus 3 irmãos: Guerra, Fome e Peste. Os irmãos resolvem fazer uma visita, durante a primavera, para dar início ao Apocalipse, e enquanto isso aproveitam para provocar Crens, mesmo diante das dificuldades a caveirinha nos ensina uma importante lição.

Sobre o Autor: Gustavo Borges já publicou álbuns independentes, suas séries Pétalas, A Entendiante Vida de Morte Crens e Edgar – o qual lhe rendeu em 2015 o Troféu HQMIX de melhor publicação independente. Também participou de vários livros coletivos como 321 Fast Comics, Tudo Já foi Dito, A Samurai e o livro em homenagem aos 80 anos de Mauricio de Sousa. Trabalha com quadrinhos e ilustração e não tem dúvidas que nasceu para contar e desenhar histórias.

Você pode acompanhar seu trabalho no Instagram e Facebook.

POSTS RELACIONADOS:

13 Comentários

  • Reply Clayci 21.03.2017 at 11:26

    Está na minha listinha de desejados há tempos!
    E não vejo a hora de consegui ter.. hauhuhauhau
    Eu cheguei a folhear e morri de amores pelas ilustrações.

  • Reply César Rezende 03.04.2017 at 22:13

    Gostei demais dos traços e principalmente dos personagens!
    Senti uma vibe Tim Burton!

  • Reply Nilda de Souza 04.04.2017 at 20:56

    Também gostei muito do traço. Gosto muito de ler obras que trazem questões filosóficas de morte e vida. Essas coisas. Vou anotar aqui. Espero ter a oportunidade de ler.

    Beijos!

  • Reply Vickawaii 05.04.2017 at 10:12

    Acho que eu já comentei isso na postagem da HQ da Sereia, mas acho TÃO legal você estar resenhando histórias em quadrinhos de autores nacionais <3 Tem muita coisa boa por aí que não fazemos nem ideia. Quanto à essa HQ em especial, me parece ser muito divertida, adoro esse tipo de humor mais irônico.

    Beijos, Vickawaii
    http://www.neverland.com.br

  • Reply Cadu Pereira 05.04.2017 at 17:50

    Esse seu texto só reforçou minha vontade de conhecer mais quadrinhos brasileiros. E esse já entrou na minha lista de compras, para iniciar uma imersão no mercado nacional!

  • Reply Nati Rabelo 05.04.2017 at 18:07

    Adorei o estilo de ilustração do Gustavo!
    Um dos meus projetos pra esse ano é ler mais hq’s, se for nacional então, melhor ainda!
    Adorei conhecer essa =)

  • Reply Amanda Oliveira 05.04.2017 at 19:30

    Que ilustrações maravilhosas! Amei! Achei bastante interessante a proposta do roteiro. E também é muito legal a valorização que você traz dos artistas brasileiros, que a gente pouco conhece.

    Beijoooos!

  • Reply Andressa Souza 05.04.2017 at 19:37

    Eu adoro o estilo do Gustavo! Tomara que tenha na CCXP de Recife, anotei no meu caderninho de obras pra procurar na Artist’s Alley 😉

  • Reply Falkner Moreira 05.04.2017 at 20:07

    Que traço mais fofo! Não conhecia o trabalho do Gustavo Borges. Sou muito fã de histórias que têm a Morte como personagem 🙂

  • Reply Mari 05.04.2017 at 21:08

    Super legal, amei conhecer. Não conhecia o trabalho dele, mas fiquei bem interessada depois de ler seu post!
    Beijos
    Mari

  • Reply Ana Letícia 05.04.2017 at 22:16

    Olá, tudo bem? Nossa adorei a resenha, fiquei bem curiosa para conhecer essa HQ, até porque estou começando a entrar nesse universo (rsrs). Eu gostei da temática, pois amo historias que focam na morte/ ceifadores, pode parecer estranho, mas acho interessante desde nova. Além disso, gostei da Arte das ilustrações e prevejo shippar demais nessa HQ (rsrs)

    Bye e até logo

    http://www.meioassimetrica.com.br/

  • Reply Jade Amorim 06.04.2017 at 12:57

    Eu estou: apaixonada. COMO FAZ. NOSSA EU QUERO TANTO QUE COISA MAIS LINDA. ihasdfiuhasifuhsiufhsiufhas
    Eu adoro tudo que faça esses questionamentos sobre morte e vida, e sou apaixonada por tirinhas. Logo: vou louca atrás!

    Beijos

  • Reply Gislaine 06.04.2017 at 19:33

    Não conhecia, mas adorei a proposta e a arte! Definitivamente vou adquirir quando tiver a oportunidade.

  • Deixe uma Resposta